Ana Barreiro’s Senior Recital!

Hoje vou escrever sobre o concerto que participei nesta segunda-feira dia 28 de novembro. Logo após o fim de semana extendido do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças) ja voltei a escola com uma das semanas mais ocupadas e intensas do meu semestre.

Durante esta semana além de minhas aulas na Berklee e do meu trabalho eu irei tocar em 6 apresentações diferentes e também participarei dos meus ensaios semanas com os grupos de que faço parte; Electric Evolver e Deceptive Revolution.

Vou começar o post falando brevemente sobre meu itinerário nesta semana. Na segunda-feira participei do recital da minha querida amiga Ana Barreiro. Na terça toquei no recital do renomado Joe Henderson Ensemble, que é uma das aulas da Berklee que exige os ratings mais altos da escola.

Hoje na quarta irei tocar no primeiro júri do guitarrista japonês Reo Matsui. Amanhã participarei do júri do meu amigo baterista oriundo de Nice na França, Allan Ouazana e a noite irei tocar um show com Electric Evolver em Cambridge. Na sexta-feira irei participar do júri de Michael Summer, o saxofonista Californiano que já toca comigo a muitos semestres.

De todas essas apresentações escolhi o recital de Ana Barreiro como o foco deste post. Entre os vários motivos pelo qual eu escolhi escrever sobre este evento em particular deve-se pelo fato de Ana ser brasileira e de Minas Gerais ainda por cima! Este concerto foi o seu senior recital, o que quer dizer que foi o sua apresentação final na Berklee. Este é o seu último semestre na escola. Após o fim deste semestre em menos de um mês Ana terá o seu diploma em Performance assim como eu terei o meu após mais 3 semestres.

Ana Barreiro escolheu fazer deste recital uma retrospectiva de sua jornada pela escola e pelos Estados Unidos. A banda que ela escolheu para participar do concerto foi incrível. Uma seleção de amigos novos e antigos que compartilham a mesma paixão pela música que ela possui. Os membros da banda são:

- Paul Sanchez,  no Trompete
- Jordan Townsend, no Tenor Saxofone
- Evan Waaramaa, no Piano
- André Vanconcelos, na Guitarra
- Greg Feingold, no Baixo
- Ana Barreira, na Bateria

com dois convidados especiais:

- Marcella Camargo, no Vocal
- Eduardo Mercuri, no Violão

O recital consistiu em 6 músicas escolhidas por Ana sendo cada uma delas dedicadas a uma pessoa ou a uma experiência particular dela na escola. As músicas foram:

  • - Filthy McNasty por Horace Silver
  • - Stablemates por Benny Golson
  • - Espanhola por Flavio Venturini
  • - Aguas de Marco por Tom Jobim
  • - How’s Never por Dave Holland
  • - Wonderful Maker por Chris Tomlin

Logo após Stablemates Ana chamou ao palco Marcella Camargo para cantar as próximas duas músicas do repertório, Espanhola e Águas de Março. Para Águas de Março Ana convidou Eduardo Mercuri para tocar violão. A banda inteira voltou ao palco para tocar How’s Never de Dave Holland e fechar o show com Wonderful Maker de Chris Tomlin.

Foi um prazer e uma honra participar deste recital mas a semana está longe de acabar e agora preciso me preparar para os próximos dias e as 4 apresentações que ainda me aguardam!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>